o cheiro que habita o canto
atrás da sua orelha esquerda
e a distância exata entre a
ponta dos meus dedos e a sua
pele com meus pés deslizando
pelas suas pernas em baixa
v e l o c i d a d e
enquanto o quarto nos tranca
e abafa nosso calor capaz de
acender uma espécie inteira
e provocar incêndios mentais
que me fizeram queimar uma
panela novinha cheia de feijão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s